Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

na rua dos meus sentidos

na rua dos meus sentidos

20
Mar14

Laranjas, foi o que dei ao meu pai

naruadosmeussentidos

Os putos perguntaram-me o que dei eu ao meu pai. Quando respondi laranjas, olharam para mim, como olham sempre, quando eu para eles não digo coisa sem coisa, o que reforça cada vez mais a teoria deles de que eu não bato muito bem da bola.

PS: não comprei nada ao meu pai, nem sequer lhe disse que o amo, talvez porque ultimamente sempre que o digo para mim, choro, porque tenho pensado muito em como será quando ele o dia me morrer e me deixar sozinha. Não comprei nada ao meu pai, mas dei-lhe aquilo que eu sei que muitas vezes lhe falho, que é o não fazer o que ele me diz, o que ele me pede, e ele pediu.me que comprasse laranjas e eu fui comprá-las, ele pediu-me que me lembrasse de pôr a descongelar o meu almoço que ele religiosamente me vem preparar todos os dias a casa e todos os dias reclama por eu não ter descongelado a carne ou o peixe ou qualquer coisa que ele me disse e que eu assinto que sim e depois se me varreu. Ouvi-o e fiz o que me pediu. Ouvi-lo foi a prenda que eu lhe dei. Talvez a melhor que lhe posso dar. Dar-lhe do meu tempo foi a minha melhor prenda. Mas ouvi.lo, sobretudo ouvi-lo.

 

Sou muitas vezes roubada dele, tenho tempo, ouvidos e cabeça para muitos e poucas vezes para ele, ele que mais mo merece mas a quem muitas vezes falto. Faltamos sempre mais a quem nos ama mais talvez porque tenhamos a ilusão de que eles estarão sempre ali.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D