Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

na rua dos meus sentidos

na rua dos meus sentidos

21
Jun14

Há quem vá à kidzania, e depois há os adultos como eu...

naruadosmeussentidos

Ando de mãos dadas muitas vezes com os filhos que gostaria que fossem meus. Dou comigo a ser olhada e admirada pela relação que tenho cm os filhos que só eu sei que não são meus.

Hoje dei comigo a pensar que estas minhas saídas com eles não são mais do que eu a brincar às mães e aos filhos. É isso...ando a brincar às mães e aos filhos.

21
Jun14

Das poucas coisas que me dão realmente prazer...o teatro, o bom teatro

naruadosmeussentidos

...gosto do Teatro Aberto, assim como gosto dos Artistas Unidos e do Teatro da Politécnica como casa destes, e uma bonita casa, diga-se de passagem. E gosto porque nunca me deixaram mal que é como quem diz sempre me proporcionaram belos momentos de teatro, de sensações, com qualidade e simplicidade. Do teatro aberto recordo-me do Vermelho, e agora do Preço com aquela belissima actuação do João Perry que me emocionou, que me fez sorrir de contente por ter conseguido ir, porque ali dei o meu tempo por bem entregue quando o ouvi trautear uma música, sorri embevecida a ouvi-lo de olhos fechados.

 

Por isso é com expectativa que aguardo a vez para ir ver A ACOMPANHANTE.

 

 

 


 

Ficha Artística

Encenação GONÇALO AMORIM

Cenário e Figurinos CATARINA BARROS

Música JOANA SÁ | LUIS MARTINS

Luz JOSÉ MANUEL RODRIGUES

Sonoplastia SÉRGIO MILHANO

 

Com MÓNICA GARNEL

 

SINOPSE

Toda a gente sabe que Luzia não está cá, que se mudou para Genebra e está lá muito bem. Ou será que não?

Ela, que conhece tantos nomes, tantas histórias, tantos homens, está cansada. Das rotinas, do telemóvel a tocar, dos sonhos que foram sempre tão grandes na sua cabeça e tão difíceis de viver. Da solidão que se entranhou no seu corpo.

Mas, hoje, Luzia já não vai continuar à espera: prepara-se energicamente para o grande final e, enquanto o faz, sente-se mais viva do que nunca.

Uma peça de devaneio, desespero e ternura, onde mil e uma histórias se animam nas acrobacias arriscadas e surpreendentes em que esta mulher se desdobra e se entrega a todos os desacompanhados.

 

ESPECTÁCULOS

4ª a Sábado às 21h30

Domingo às 16h

M/12

 

BILHETEIRA
4ª a sábado das 14h às 22h00; domingo das 14h às 19h

Reservas 213 880 089 ou bilheteira@teatroaberto.com 

www.bilheteiraonline.pt | FNAC | ABEP | CTT | El Corte Inglés (Lisboa e Gaia)

 

PREÇOS

Normal - 15   €

Jovem (até 25 anos) – 7,5€

Sénior (mais de 65 anos) – 12 €

21
Jun14

Da fútil que há em mim ou e eu que não sou disto (ou talvez seja)

naruadosmeussentidos

 

A Mónica do Blog Mini - Saia, mostrou-ma ( a mala). Eu achei - a gira e barata. Que é o que eu gosto. Bom e barato.

 

Hoje de passagem pela C&A (da qual nunca tive boa impressão) sem intenção de comprar nada naquela apenas de gastar tempo  comprei-a por 7, 5 euros.

Eu que ainda ontem tinha dito que era giro estar um ano sem comprar roupa apenas reinventando a que tenho e que é muita,  devido à perda de peso e ao ter a mania de guardar tudo, o que equivale dizer que agora com 34 ando a vestir roupa dos meus 18.

 

E pronto, uma pessoa morre pela boca.

21
Jun14

Por aqui

naruadosmeussentidos

...não se gasta dinheiro em revistas nem em jornais por muito que se goste de esplanar, esplana-se cá por casa aproveitando a vista de rio e esplana-se com o que se tem mais à mão, a Dica de Semana pela qual não se paga nada e ainda a deixam no correio. Maria Gadú, é a chamada de capa desta semana, supostamente por que é cantora, que é o seu ofício mas pasme-se qual é a frase em destaque " A minha companheira é muito especial" ou qualquer coisa do género, e uma pessoa diz impropérios pois diz, e pensa mas que raio de coisa descabida é esta, porque afinal o objectivo nem é vender, que aquilo é apenas um suporte de publicidade para a marca, mas porquê do sensacionalismo. Porquê minha gente?

 

 

 

 

PS: é -se empresária atipica, ou tipica pelo menos para os que sabem o que isso é e implica, para mim que ainda estou a aprender, eu que já achava que vida de patrão já era dificil porque sempre tive daqueles bons que vestem a camisola, sei hoje ou vou aprendendo que é tão dificil como eu estava à espera, mesmo que tenha tido sempre o sonho de me tornar uma. Mas eu apesar de tudo, apesar de estar a correr bem não ando a fazer férias nas maldivas, não trabalho meio tempo e tenho cada vez mais consciência que quem se quer manter não pode afrouxar, tem de dar o litro todos os dias, que é das profissões onde a insegurança é maior, porque de nós dependem outros. E se eu já era cautelosa com os gastos, hoje sou-o em dobro, até porque ao fim e ao cabo eu vivo para pagar a SEGURANÇA SOCIAL.

21
Jun14

A nhanha do tempo

naruadosmeussentidos

Andas para aqui. É assim que sentes, andas para aqui, qual barata tonta, tu, que tens sempre o que fazer, sabes sempre o que fazer, tu que nunca tens tempo para o que tens para fazer, andas para aqui, meio perdida, com tanto tempo que não é assim tanto, mas sobra-te tempo, tens tempos mortos que não sabes o que hás-de fazer com ele. E estas fases de transição são uma porcaria, para não dizer outra coisa. Porque depois há-de ser o reverso, hás-de ter o tempo ocupado mas de coisas de férias, e depois há-de custar ocupá.lo com os deveres, quando setembro chegar. Mas agora este meio termo não é nada, nada, para quem como tu num enorme arco-iris, és tão preto e branco, porque és de extremos. O assim.assim não te diz nada, o mais ou menos menos ainda, e isto assim não é nada, é uma nhanha de vida. Uma chatice. Uma porcaria.

13
Jun14

Ao que uma pessoa chegou

naruadosmeussentidos

Há-de chegar o dia em que tu berras, dás o berro, sobes para o telhado ou pura e simplesmente, há-de chegar o dia em que hás-de morrer. Pois bem, amanhã pode ser o dia, afinal já sei fazer pulseiras de elástico.

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D