Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

na rua dos meus sentidos

na rua dos meus sentidos

11
Jun14

55

naruadosmeussentidos

Em 2012, mais precisamente em Julho de 2012, decidi que tinha de fazer alguma coisa. E o alguma coisa foi o perder peso, que ganhei consideravelmente depois de um ano obrigatoriamente sabático, 7 meses de baixa e depois outros 7 meses a aprender a viver e a conviver com a minha nova vida. Arranjar uma vida, ou reinventar uma vida dá trabalho e pede imaginação. Depois de arranjada uma nova vida, depois de nos reencontrarmos apesar de diferentes, foi tempo de olhar para mim, e por culpa dos medicamentos e do facto de ter optado por trabalhar em casa, eu que já não era propriamente magra (1,5 m mal medido e uns 66 dificeis de distribuir), tornei-me num pequeno cachalote com 76,5kgs sem dar por ela. Fina que sou só dei por ela numa viagem a Itália, em que eu integrada num grupo mais velho que eu, sentia-me a mais velha de todos, dores disto, cansaço daquilo. Quando voltei, disse para mim mesma que agora que tudo o resto estava bem encaminhado era tempo de tratar da parte estética e não só. E assim foi, pedi ajuda ao médico que me curou, e a acunpuntura mais uma vez deu uma ajuda e em Julho foram logo 10 kgs à vida, só cortando no leite e no pão, e comendo a horas certas, água com fartura e à noite sopa. Claro que economicamente era incomportável e daí talvez o facto de eu ter querido logo cumprir o plano em tempo record. Se fiz exercicio fisico, não mais do que aquele que já fazia. Se passei fome, não. Se gastei muito dinheiro, sim, todas as semanas largava entre os 35 aos 70 euros, logo era para mim claro que aquilo tinha de ser feito no menor tempo possível e assim foi Julho e menos 10kgs. Agosto, já por conta própria foram menos 4kgs e dps em Setembro menos 2kgs, e chegados aos 60 pensei para mim está bom agora é manter, ainda cheguei aos 58 mas manter nos 60 já foi uma grande vitória. Passados quase 2 anos, acredito que consegui o principal objectivo que foi o manter, e olhem que hoje faço muito disparate muito mesmo.

 

Devido ao trabalho, e à falta de regras, nestes últimos 4 meses tem sido uma guerra para manter os 60 ( todos os dias quando me peso, e eu peso-me religiosamente todos os dias, e por vezes várias vezes ao dia, penso raios parta isto), e porque acho que mereço, o objectivo agora é chegar ao ideal ou seja 55kgs. Haja força de vontade e dinheiro, sim que em equipa que ganha não se mexe. Porque o meu maior problema é a compulsão, é o de repente comer 5 iogurtes naturais, só porque sim, é de repenete o frigorifico esvaziar-se, é o ter vontade sistematica de comer qq coisa, só pelo acto em si.

 

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D