Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

na rua dos meus sentidos

na rua dos meus sentidos

23
Mai14

Dou por mim...

naruadosmeussentidos

aos 34 a fazer voluntariamente tudo aquilo que recusei aos 14.

 

PS: aos 14 dei os óculos a comer à cadela, porque mesmo que fossem só para ler achava que aquilo me ficava horrivelmente mal. Hoje aos 34 fui comprar uns porque a vista anda cansada e as lentes já não dão conta.

 

aos 14 antes de uma ida de um mês para a Côte d'Azur de férias e acabadinha de colocar aparelho nos dentes, endrominei o meu pai e convenci-o a deixar-me ir sem aparelho com a promessa de quando voltasse o usaria religiosamente, pois que não, pois que um mês passado, o dito desapareceu misteriosamente, e pois que hoje fui ao dentista tratar do assunto, 20 anos depois.

 

 

19
Mai14

Hoje chorei

naruadosmeussentidos

e estou a chorar agora. Choro de cansaço, de alegria, de orgulho, sou a mãe sem o ser de muitos mini mes, como eles se chamam. Hoje não foi só a explicadora que os foi levar à escola, que os abraçou um a um, antes do exame, foi a irmã, a amiga, a mãe, a chata, a doida, a exigente, fui eu, Sara Maria que os levou.

 

Depois de os ver entrar, de não ter braços que chegassem para os aninhar ao meu redor, dei por mim debaixo de chuva, a chorar, de cansaço, de alegria, de missão cumprida, sem nenhuma preocupação, confiante de que fiz tudo o que podia ter feito e que eles fizeram tudo o que deviam ter feito e que eu lhes pedi que fizessem, foram incansáveis, e quando assim é, mesmo que os resultados não sejam bons, que eu duvido, isso não importa nada, importa sim, que trabalharam, que se dedicaram, que se esforçaram, e por isso agora dou por mim cansada como nunca estive, pela primeira vez em meses sinto-me cansada, morta, um zombie, mas agora já posso, e por isso mesmo me permita sentir este cansaço. que é bom.

18
Mai14

O post

naruadosmeussentidos

Este post teve 1800 visualizações.

Este post foi eleito um dos posts da semana pelo Sapo do qual foi destaque.

Este post foi partilhado, comentado.

 

Eu? Eu continuo a ir deitar o lixo fora, mas hoje num misto de sentimentos, aquela ida ao lixo é tudo menos uma ida ao lixo, por um lado, o cuidado que hoje tenho em me certificar que não vou ser inconveniente ao interromper a refeição de alguém, o alívio que tenho quando o não encontro, por mim, por ele, o desconforto foi mútuo, por outro, gostaria de rever essa pessoa, não sei porquê, talvez por ser egoísta, não sei o que lhe diria, não sei o que faria, mas gostaria de o ver.

 

E hoje, sentada à secretária, a almoçar, o almoço que o meu pai me foi levar, eu que tantas vezes não como por falta de tempo, dei por mim perdida a olhar para a rua, para o tal caixote do lixo, e soube exactamente o que lhe diria caso ele me aparecesse, e quase o desejei, e pensei, sim, isso sim, faria do meu dia, um bom dia.

17
Mai14

Das noites de sábado

naruadosmeussentidos

Noite de sábado, é noite de espera pelos filhos do rock, em dia e véspera de trabalho como os outros, é dia de zapping, e de vez em quando é dia de boas surpresas, hoje entre um filme italiano, um sabadabadão de fugir, fui parar ao MasterChef, e por lá fiquei, e ainda bem, ainda bem porque vi um acto de ser, de saber ser, de fazer a diferença pelo menos para mim, de me mostrar que ainda há gente que consegue ser honesta mesmo quando se põe em causa a si própria, hoje uma senhora, não votou em si própria, mesmo sabendo que o poderia fazer e que isso provavelmente a manteria em jogo, mas foi maior, e por isso por mim apesar de eliminada ganhou.

17
Mai14

Pois que afinal até choro

naruadosmeussentidos

Choro sempre de manhã. Exagerada. Cai-me sempre uma lágrima de manhã, faça sol, faça chuva, durma sozinha ou acompanhada, esteja triste, esteja alegre, desde que provei a primeira, choro sempre de manhã. São salgadas. É isso e o espirro matinal, é certinho e direitinho. Chorar, chorar, é raro, mas quando o é, é trovões, trovoadas, de raiva, aos soluços, como se me estivessem a apontar uma arma à cabeça e eu gritasse ao mundo com o meu pranto um não proferido entre gritos de lágrimas, de todas aquelas que vou contendo e um dia, há dias que a comporta se abre e leva tudo à frente.

 

Marilyn Monroe with Roy Lichtenstein's 'Crying Girl (1964)' #art with art in artPS: O pai da M. hoje bateu-lhe. A mãe da M. chorou e não só porque o pai da M lhe bateu, mas também ao agradecer-me por gostar tanto da filha dela. E eu chorei. Porque o amor não se agradece, porque ela também é um bocadinho a minha filha, e porque senti a estalada que o pai lhe deu como as poucas que o meu pai me deu a mim e voltei a lembrar-me do abraço que sempre me dava a seguir, a chorar, e chorávamos os dois, eu arrependida pelas palavras duras e ele arrependido pelos actos duros. Ambos sem pensar. Irracionais como o nosso amor. Como o amor que o pai da M tem por ela, como o amor que a mãe da M tem por ela, e sim como o amor que eu tenho por ela. E peguei-a para mim, abracei-a nos meus braços depois de a ter recebido da mãe e chorámos juntas. E hoje quando me disseram que eu estava mais bonita, chorei. E quando o meu pai me ligou a lembrar-me que devo comer, chorei, e quando o Abílio, me disse "é a minha filha engenheira e vai trabalhar ao pé de vocês e não cá em baixo como o pai, chorei, e chorei quando ao entrar na nonagésima pastelaria não mato o desejo, chorei e mesmo agora que falo com ele, choro, cai-me a lágrima fácil, e pronto hoje estamos assim...e talvez logo chore sozinha só de ver o Tejo e ter a sorte de o ter comigo todas as noites.

15
Mai14

Estaremos púdicos, ó Sapo?

naruadosmeussentidos

Os putos hoje não falavam de outra coisa que não o beijo do Carriço com o Raka qualquer coisa, e eu que confio no Sapo para me manter actualizada, abro a notícia mas o máximo que vejo é uma foto dos dois a beijarem a taça, e eu parva penso, opá tanta coisa por isto, não pode ser, tem de haver mais, e como acho que onde há fumo há fogo, procurei melhor e lá vi o beijo, e que beijo.

 

E o que é que uma pessoa pensa, porque é que o Sapo não pôs logo a foto, qual é o problema, estaremos púdicos ó Sapo?

 

Vá, vejam lá o beijo e digam lá se não foi bonito, se há ou não há ali amor.

 

http://www.noticiasaominuto.com/desporto/218339/o-beijo-de-carrico-a-rakitic#/615/0

14
Mai14

Pois que é isto

naruadosmeussentidos

Podia agradecer ao Benfica por me ter feito sonhar, mas não, estou zangada demais para isso, e durante um bom tempo vou fazer má cara e direi nunca mais. Sim, estou zangada, danada, irritada, mas como sempre há-de-me passar, e daqui a uma final ou outra já não me vou lembrar desta e lá estarei a torcer mais uma vez, qual parva e esquecida como uma boa mulher apaixonada e traída, e com fé, darei por mim a pedir ao Eusébio e ao Coluna para olharem por nós e apaziguarem o Bella Gutman como fiz desta, e muito mas muito provavelmente irei mais uma vez sofrer, e hei-de mal dizê-los outra vez como fiz desta, e direi como acabei de dizer que nunca mais, etc e tal e pardais ao ninho, e há-de ser sempre assim, eu morrerei, e outros depois de mim, virão e farão exactamente como eu, e há-de ser sempre assm. Porque ser benfiquista é isto. Para sempre Benfica.

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D